segunda-feira, 18 de abril de 2016

Após o domingo da infâmia a segunda feira, hoje não é um dia comum!

Hoje não é um dia comum, vejo as pessoas mais tristes e preocupadas do que de costume, atendo o primeiro cliente na loja e o seu semblante é triste e de preocupação, pergunto e ai tudo bem? ele balbucia ou menciona o golpe na politica ou da politica não deu pra ouvir direito não estava a fim de muito papo só curtir a sua tristeza que acredito eu se espalha pelo nosso pais.
Nesta segunda feira amanhecemos com aquele gosto de ressaca, é aquele mesmo sentimento de quando o Collor ganhou a eleição prometendo acabar com os marajás e que todo brasileiro de bom senso que acompanha a politica sabia que era mentira que não ia acontecer porem a rede globo fez aquela manipulação do ultimo debate entre Lula e Collor o que tornou a vitoria do collorido irreversível o resto é historia quem passou por aquilo sabe o que foram aqueles dias de turbulência para o nosso pais.
Hoje não liguei o radio do carro nem para ouvir musica como faço todo dia no trajeto ate o trabalho, as rádios se tornaram fontes de stress e negativismo com a sua militância politica a favor da oposição e logicamente contra o governo ou qualquer governo de origem popular.
Fico me perguntando como pode a nossa sociedade ainda estar dando ouvidos e sendo manipulada por um senhor com este Eduardo Cunha ou aceitar passivamente que uma presidenta contra a qual nada existe que a desabone quanto a ética e honradez seja destituída por um bando de ladrões envolvidos em quase todas as listas de corrupção que vazaram no escândalo da Petrobras e em outros escândalos que assolam o pais. O nosso sistema politico esta podre não podemos viver a merce de golpista oportunista e de uma mídia abutre que trabalha dia e noite para destituir um governo eleito democraticamente. Resta agora contar com a sabedoria de nossos lideres e com a sabedoria e a imparcialidade do Supremo Tribunal Federal, que ate agora tem deixado o povo na mão. 

Nenhum comentário: