segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Mexicanos em manifestação contra Donald Trump

                 Milhares marcham contra Trump no México 
                 

Dezenas de milhares de manifestantes vestidos de branco, convocados por uma centena de organizações civis, marcharam em diversas cidades do México neste domingo contra o "ataque" do presidente dos EUA, Donald Trump, revelou à Sputnik o membro da comissão organizadora do movimento #VibraMéxico, Edgar Cortez

Da Sputnik Brasil

Dezenas de milhares de manifestantes vestidos de branco, convocados por uma centena de organizações civis, marcharam em diversas cidades do México neste domingo contra o "ataque" do presidente dos EUA, Donald Trump, revelou à Sputnik o membro da comissão organizadora do movimento #VibraMéxico, Edgar Cortez.
PUBLICIDADE

"Há um mar de gente, é difícil quantificar, são dezenas de milhares, e o mesmo acontece em todos lugares emblemáticos do país", disse o diretor do Instituto Mexicano de Direitos Humanos e Democracia (IMDHyD), enquanto partia a marcha principal em direção ao obelisco El Ángel de la Independencia, em frente à embaixada dos Estados Unidos.

A multidão carregava bandeiras do México um letreiro composto por três frases em um fundo branco: # VibraMéxico, Stop Trump e #Respeto ao México. A marcha passou pela avenida Paseo de la Reforma, que atravessa a capital mexicana.

"O protesto é plural e não partidário, possui uma base comum contra a agenda de redução dos direitos do presidente Trump. Pedimos ao nosso governo para cumprir a agenda democrática e do respeito pelos direitos humanos", disse o interlocutor da agência, que também é advogado das vítimas de violações das liberdades civis.

"Há uma pluralidade de mensagens destinadas a Trump, a começar pela rejeição ao muro da fronteira e até mesmo exigindo a renúncia do (presidente mexicano Enrique) Peña Nieto. São protestos compreensíveis, pois há um conflito interno com as autoridades mexicanas", disse Cortez.Outro protesto foi realizado ao mesmo tempo, no monumento a Benito Juarez, pedindo mais combate ao crime organizado. Este movimento se recusou a criticar o governo mexicano, argumentando que o presidente Peña Nieto "precisa de apoio para negociar com Trump".

Publicado no Brasil247

Nenhum comentário: