quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

O ministro de relações exteriores do Brasil Jose Serra pede demissão apos ser delatado na operação Lavajato por ter recebido propina da Odebrcht


                      DELATADO PELA ODEBRECHT, SERRA PEDE DEMISSÃO 
                         
Alegando motivos de saúde, o ministro das Relações Exteriores, José Serra, pediu demissão do governo Michel Temer nesta quarta-feira 22; "Faço-o com tristeza, mas em razão de problemas de saúde que são do conhecimento de Vossa Excelência, os quais me impedem de manter o ritmo de viagens internacionais inerentes à função de chanceler", diz ele na carta; segundo o tucano, o tempo para sua recuperação, de acordo com os médicos, é de quatro meses; Serra foi delatado pela Odebrecht acusado de ter recebido R$ 23 milhões em propina na Suíça


247 - O ministro das Relações Exteriores, José Serra, pediu demissão do governo Michel Temer nesta quarta-feira 22. Primeiro tucano a integrar a equipe de Temer, Serra alegou motivos de saúde na carta em que pediu sua exoneração.

"Faço-o com tristeza, mas em razão de problemas de saúde que são do conhecimento de Vossa Excelência, os quais me impedem de manter o ritmo de viagens internacionais inerentes à função de chanceler", diz Serra.

Segundo o tucano, o tempo para sua recuperação, de acordo com os médicos, é de quatro meses. "Para mim, foi motivo de orgulho integrar sua equipe", afirma.

Serra é acusado pela Odebrecht, em delação premiada no âmbito da Operação Lava Jato, de ter recebido R$ 23 milhões em propina na Suíça.





Publicado no Brasil247

Nenhum comentário: