quinta-feira, 6 de abril de 2017

TSE DÁ SINAIS DE QUE NÃO TEM A MENOR INTENÇÃO DE CASSAR TEMER

Por HELENA CHAGAS: 

              


"Para nós que conhecemos as manhas e as manias desse pessoal de Brasília", o TSE emitiu "um sinal inequívoco de que não tem a menor intenção de cassar Michel Temer", avalia a jornalista, sobre o adiamento do julgamento para até maio; "Mas parece também não ter coragem para decidir e bancar essa decisão agora. Saiu-se com o velho jeitinho, empurrou com a barriga, e Temer vai governando como se não houvesse amanhã", diz ela

247 - A jornalista Helena Chagas, do site Os Divergentes, questiona como podemos explicar aos brasileiros e estrangeiros o jeitinho dado pelo TSE para postergar o julgamento que pode cassar o mandato de Michel Temer.

"A solução temporária encontrada pelo TSE no início do julgamento desta terça-feira pode ter saído melhor do que a encomenda para o Planalto e seus aliados, além da defesa da ex-presidente Dilma Rousseff. Mas é ruim para o país", escreve, em referência à ampliação do prazo para a defesa e a realização de novas oitivas pelo tribunal.

"Para nós que conhecemos as manhas e as manias desse pessoal de Brasília", o TSE emitiu "um sinal inequívoco de que não tem a menor intenção de cassar Michel Temer", avalia a jornalista, sobre o adiamento do julgamento para até maio. "Mas parece também não ter coragem para decidir e bancar essa decisão agora. Saiu-se com o velho jeitinho, empurrou com a barriga, e Temer vai governando como se não houvesse amanhã", diz ela.

"Ao menos em tese, há um gravíssimo julgamento em curso, cujas consequências podem levar a mais um cavalo-de-pau na política e na economia. Uma situação óbvia de instabilidade em qualquer país. Só que não. Todo mundo acha que não vai acontecer nada. Podem investir e tocar a vida. Mas como? Vai ser difícil explicar isso a brasileiros e estrangeiros…", conclui.

Publicado no Brasil247

Nenhum comentário: