domingo, 7 de maio de 2017

DELATADO POR US$ 40 MI, TEMER DIZ QUE RECOLHEU VALOR INSIGNIFICANTE


Em entrevista à RedeTV, Michel Temer, visto como corrupto por 73% dos brasileiros, admitiu ter atuado na arrecadação de recursos para a campanha presidencial de 2014, mas disse que foi um "valor insignificante"; no entanto, dois delatores da Odebrecht o acusaram de presidir uma reunião em que se tratou de uma propina de US$ 40 milhões – equivalente a R$ 126 milhões – para o PMDB; Temer afirmou que o encontro serviu apenas para um executivo "apertar a mão" dele porque tinha a intenção de contribuir para a campanha; os executivos da Odebrecht, no entanto, afirmaram que o encontro tratou de propinas – equivalentes a 5% de um contrato da Petrobras – e não de doações oficiais ou por caixa dois; ele também mandou um recado para o antigo parceiro Eduardo Cunha, que está preso em Curitiba e ameaça delatá-lo; "Eu espero que ele seja feliz judicial e pessoalmente"

                                              Resultado de imagem para michel temer

247 – Em entrevista à RedeTV, Michel Temer, visto como corrupto por 73% dos brasileiros, segundo pesquisa Datafolha (leia aqui), admitiu ter atuado na arrecadação de recursos para a campanha presidencial de 2014, mas disse foi um "valor insignificante".

Temer está prestes a ser julgado pelo Tribunal Superior Eleitoral e o relator Hermann Benjamin deve propor a sua cassação, o que é o desejo de 85% dos brasileiros, que exigem sua saída e diretas já (saiba mais aqui).

Embora tenha dito ter arrecadado um valor insignificante, dois delatores da Odebrecht o acusaram de presidir uma reunião em que se tratou de uma propina de US$ 40 milhões – equivalente a R$ 126 milhões – para o PMDB (saiba mais aqui).

Temer afirmou que o encontro serviu apenas para um executivo "apertar a mão" dele porque tinha a intenção de contribuir para a campanha.

Os executivos da Odebrecht, no entanto, afirmaram que o encontro tratou de propinas – equivalentes a 5% de um contrato da Petrobras – e não de doações oficiais ou por caixa dois.

Ele também mandou um recado para o antigo parceiro Eduardo Cunha, que está preso em Curitiba e ameaça delatá-lo; "Eu espero que ele seja feliz judicial e pessoalmente""Eu espero que ele seja feliz judicial e pessoalmente."

Publicado no Brasil247

Nenhum comentário: