sábado, 12 de agosto de 2017

DEFESA DE LULA TENTA ACESSO AO SISTEMA DE PROPINAS DA ODEBRECHT

                           

Os advogados do ex-presidente Lula avaliam pedir à Justiça acesso a toda a correspondência trocada entre o Ministério Público Federal do Brasil e o órgão equivalente na Suíça que trate do chamado 'MyWebDay', arquivo-bomba da Odebrecht cujo conteúdo vem sendo mantido em segredo; arquivo é considerado bombástico, uma vez que envolve pagamentos de propinas pela empreiteira a membros do Judiciário, de procuradorias, de tribunais de contas e até mesmo da diplomacia brasileira


247 - A defesa do ex-presidente Lula avalia pedir à Justiça acesso a toda a correspondência trocada entre o Ministério Público Federal do Brasil e o órgão equivalente na Suíça que trate do chamado 'MyWebDay', arquivo-bomba da Odebrecht que traz uma contabilidade de propinas.



A notícia é da jornalista Mônica Bergamo, da Folha. Ela lembra em sua coluna deste sábado 12 que o conteúdo do dispositivo vem sendo mantido em segredo até agora.

O procurador Deltan Dallagnol disse à Justiça não ter conseguido acesso ao arquivo, uma vez que a Suíça não teria entregue o material à Lava Jato. A empreiteira, por outro lado, embora tenha repassado novos documentos ao MP nesta semana, disse que as chaves do arquivo foram perdidas e nem mesmo a Suíça conseguiu acesso na íntegra.

O arquivo é considerado bombástico, uma vez que envolve pagamentos de propinas pela empreiteira não apenas a políticos, mas a membros do Judiciário, de procuradorias, de tribunais de contas e até mesmo da diplomacia brasileira.

Publicado no Brasil247

Nenhum comentário: