domingo, 13 de agosto de 2017

Mercosul rechaça ameaças de Trump contra a Venezuela e o Brasil vitima de um golpe de estado esta isolado

               O Brasil vitima de um golpe de estado cada vez mais isolado.  
  
                         

O bloco Mercosul rechaçou neste sábado a ameaça de uso da força na Venezuela por parte dos Estados Unidos; a declaração foi divulgada pelo Ministério das Relações Exteriores da Argentina; a declaração conjunta do Mercosul surge um dia após o presidente dos EUA, Donald Trump, ter ameaçado fazer uso da força para intervir na Venezuela; o Brasil, por meio do chanceler do golpe, Aloysio Nunes, vinha atacando a Venezuela; Aloysio nesta semana criticou o posicionamento do PT em relação ao país; para ele, os petistas "lambem as mãos de Maduro"

Sputnik

O bloco Mercosul rechaçou nesta sábado (12) a ameaça de uso da força na Venezuela por parte dos Estados Unidos. A declaração foi divulgada pelo Ministério das Relações Exteriores da Argentina.

A declaração conjunta do Mercosul surge um dia após o presidente dos EUA, Donald Trump, ter ameaçado fazer uso da força para intervir na Venezuela como uma das respostas possíveis para a crise no país.

Os países do Mercosul suspenderam a Venezuela por tempo indeterminado na semana passada. A declaração conjunta divulgada neste sábado diz que o diálogo e a diplomacia são os únicos meios para promover a democracia na Venezuela.

Após a declaração que pegou os países da região de surpresa, o presidente dos EUA, Donald Trump, negou a solicitação de uma conversa telefônica do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro.

A Venezuela se encontra em uma grave crise política, econômica e social há vários meses, com o presidente Nicolás Maduro sendo constantemente acusado de autoritarismo por seus opositores.

Publicado no Brasil247

Nenhum comentário: